domingo, junho 26, 2011


Mãe pode ficar doente ?

Fiquei doente esta feriadão: febre, mal estar, dor de garganta e no corpo.
Bem nesse que tinha evento das #twitermães, na cidade da criança e eu fiquei fora desta. Não tive pique para nada, só fui ao aniversário do meu irmão, mas fiquei pior quando voltei.

Complicado foi fazer o Pedro compreender que a mãe não estava bem.

E o mais engraçado é que enquanto eu estava me sentindo mal eu só queria a minha mãe. Com certeza, essa vontade de ficar pertinho da mãe da gente, quando estamos doentes, deve ser resquício da infância.

Mas olha infelizmente mamães ficam doentes, e nesse momento procurei me cuidar!

Graças a Deus meu marido me ajuda em tudo com o Pedro e também tenho a minha mãe que nós dá muito suporte. Tomei antiinflamatório, porque Tylenol e Vitamina C é a mesma coisa que nada para mim, minha garganta estava total off as amígdalas me matando de dor, e eu não gosto de jeito nenhum ir ao médico... Só em casos muito graves, evito ir ao médico tanto para mim quanto para minha família.

Mas tem coisas que o baby só quer a mãe não tem jeito, principalmente na hora de amamentar. Então a gente arruma força não sei de onde e cuida, brinca,faz dormir... e tudo mais que precisar.

Essa experiência de ser mãe, me dá tanta força até nas horas que estamos doente, querendo colinho a gente arruma força não sei de onde e pronto damos conta.

Não é fácil não! Mas Deus na sua sabedoria nos programou para isso...

Gostei do texto abaixo sobre essa sabedoria divina.. é também muito divertido .. grifei várias verdades...r

E Deus criou....a mãe!!

No dia em que Deus criou as mães (e já vinha virando dia e noite há seis dias), um anjo apareceu-lhe e disse:
- Por que esta criação está lhe deixando tão inquieto Senhor?
E o Senhor Deus respondeu-lhe:
- Você já leu as especificações desta encomenda? Ela tem que ser totalmente lavável, mas não pode ser de plástico. Deve ter 180 partes móveis e substituíveis, funcionar à base de café e sobras de comida. Ter um colo macio que sirva de travesseiro para as crianças. Um beijo que tenha o dom de curar qualquer coisa, desde um ferimento até as dores de uma paixão, e ainda ter seis pares de mãos.
O anjo balançou lentamente a cabeça e disse-lhe:
- Seis pares de mãos Senhor? - Parece impossível !?!
Mas o problema não é esse, falou o Senhor Deus - e os três pares de olhos que essa criatura tem que ter?
O anjo, num sobressalto, perguntou-lhe:
- E tem isso no modelo padrão?
O Senhor Deus assentiu:
- Um par de olhos para ver através de portas fechadas, para quando se perguntar o que as crianças estão fazendo lá dentro (embora ela já saiba); outro par na parte posterior da cabeça, para ver o que não deveria, mas precisa saber, e naturalmente os olhos normais, capazes de consolar uma criança em prantos, dizendo-lhe: - "Eu te compreendo e te amo! - sem dizer uma palavra.
E o anjo mais uma vez comenta-lhe:
- Senhor...já é hora de dormir. Amanhã é outro dia.
Mas o Senhor Deus explicou-lhe:
- Não posso, já está quase pronta. Já tenho um modelo que se cura sozinho quando adoece, que consegue alimentar uma família de seis pessoas com meio quilo de carne moída e consegue convencer uma criança de 9 anos a tomar banho...
O anjo rodeou vagarosamente o modelo e falou:
- É muito delicada Senhor!
Mas o Senhor Deus disse entusiasmado:
- Mas é muito resistente! Você não imagina o que esta pessoa pode fazer ou suportar!
O anjo, analisando melhor a criação, observa:
- Há um vazamento ali Senhor...
- Não é um simples vazamento, é uma lágrima! E esta serve para expressar alegrias, tristezas, dores, solidão, orgulho e outros sentimentos.
- Vós sois um gênio, Senhor! - disse o anjo entusiasmado com a criação.
- Mas, disse o Senhor, isso não fui eu que coloquei. Apareceu assim.

Rsss e bem assim né gente !!!!
Ser mãe e ser um ser humano melhor !!!!

obrigada meu filho por me fazer mãe e mais feliz .. te amo meu Pedro minha força !
4 Comentários

4 comentários:

Poesia do Bem disse...

Concordo em tudo, e depois que somos mães tememos a morte, deixar o filho sozinho.Quem dera todas as mães fossem para sempre como é o poema de Carlos Drummond, bjssssssssssss

Anônimo disse...

Muito bom este texto viu!
Jé estive com Dengue (veja aqui http://babidorafa.blogspot.com/2010/03/voltando.html) e a Beatriz queria brincar de pular na minha barriga pra brincar de cavalinho, eu sentia dor em todo lugar do corpo, por sorte os piores momentos que passei foram a noite e o Rafa podia cuidar dela pra mim, graças a Deus meu marido é de ouro! obrigada pela visita no blog! Sabe esta coisa de peito caido que dizem por ai não tem nada a ver com amamentação. Se eu pudesse publicaria uma foto dos meus seios, não são caídos nem um pouco. Eles ficam sim caidos na verdade pesados de tanto leite e qdo nossos babys mamam até murchar ficam parecendo uma massinha de pão...eu ficava preocupada, mas minha mae sempre dizia que podia ficar despreocupada que eles voltariam ao normal. bjs e melhoras! Deus abençoe esta família linda!

babidorafa.blogspot.com

An@ Paul@... Mamãe do Pietro disse...

ooo amiga...espero que ja tenhas melhorado viu, pois ngm merece (em especial nós mães)ficar doente.

Eu tbm andei doentinha, com mta dor de garganta e dores no corpo, e eu tbm só queria saber da minha mãe, rs, e com ctza sõ elas para nos dar o melhor colinho do mundo.

Adorei o poema, bem engraçado, e é bem assim que é.

Bjossss em vc e no Pedrinho.

Cléo disse...

Oi te achei por ai e adorei ler seu post. Sempre quia ter um filho chamado Pedro, porem meu sobrinho nasceu primeiro e se chama Pedro Henrique, então meu esposo preferiu trocar o nome, relutei muito, mas Me Encontrei com DAVI, o Amado.
bjoca
sou a Cléo lá do donamaricotafeliz

Postar um comentário

Adoro quando você comenta !

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

Quem sou eu

Minha foto
Sou aquela que quer ter blog, mas não tem tempo para nada! Mas quando faço é com amor e carinho